[CONTO GAY] Realizei a minha maior fantasia sexual! Abusei do meu primo gostoso enquanto ele fingia estar dormindo!

Oi pessoal do DitaduraG, não sei se meu caso é bem um conto ou um relato, mas isso acontece desde 2011. Tenho um primo que eu vou chamar de Bernardo e que mora em São Paulo. Ele é todo malhadinho, branquinho, deve ter 1.75m, tá sempre de boné. Ele é da parte bonitona da família. A gente se conheceu quando eu era criança, mas só passamos a ter contato mesmo quando ele veio passar o carnaval aqui em 2011. Moro em Cabo Frio e depois de muito tempo nossas mães voltaram a ter contato.

Quando ele veio em 2011 eu fiquei de queixo caído porque não imaginava que ele tinha ficado tão bonito, e mulherengo. Nos blocos de rua as meninas só faltavam abrir as pernas pra ele. Ele tinha uma excelente lábia com as garotas e sempre ficava empurrando uma pra cima de mim.

Eu ficava meio sem jeito de ficar perto dele. Até mal, porque ele era muito bonito, chamava a atenção toda pra ele, e eu todo magrelo e sem jeito, cara de antipático, ficava sempre sobrando. Mas ele era tão amigo e carinhoso comigo que eu queria estar sempre do lado dele. Lembro-me que o vi mijar num canteiro, o pau todo grossinho, depilado, ele era sarado mas tinha uma certa barriguinha, eu fiquei pensando naquilo por um tempão. Bom essa foi a primeira vez que ele veio: dessa vez ele ficou num outro quarto e eu fiquei dividindo o meu quarto com meu primo mais novo, mas em 2012 ele voltou e ficou no meu quarto.

Ficamos muito mais próximos e já tínhamos intimidade. Parecia que nunca tínhamos nos separado. Ele trocava de roupa na minha frente e não imaginava, mas eu maldava muito. Tentava não olhar, mas memorizava na minha cabeça aquele segundinho que olhei e vi o que queria ver. Em 2012 teve uma vez que ele chegou bêbado quase 5 da manhã, eu já tinha uma certa malícia e resolvi me aproveitar. Pedi pra ele tomar banho, ele mal se levantava. Acabei levando ele com o banho com a premissa de que nossas mães iriam preparar um café cedo e iriam estranhar se ele não aparecesse, e claro, o banho ajudaria ele a acordar mais disposto. Acabei levando ele pro banho e por saber que ele não ia lembrar fiquei encarando aquele corpo perfeito. Ele além de ter um pau grosso, tinha uma bunda linda, pernas grossas. Eu fiquei super excitado. Mas novamente não rolou mais que isso.

Pra seguir a tradição ele voltou aqui em 2013, só que veio com a namorada, poxa, eu fiquei tão triste. Fiquei de cara emburrada o tempo todo, tava com ódio dele e dela. Sim, eu senti ciúmes. Ele me perguntou várias vezes o que estava acontecendo mas eu me recusava a dizer e apenas torcia pra que ele largasse aquela vadia (rs).

Em 2014 ele voltou, mais homem, mais forte, com um pouco de barba. Saiu pouco, ele tava estudando e trabalhando e preferiu ficar descansando na maior parte do tempo. Nós conversamos muito, e ele olhava muito nos meus olhos, o que me dava um certo medo. Teve uma noite que eu sai com uns amigos e quando voltei, ele tava com meu computador ligado e vendo putaria no Xvideos. Eu gelei porque imaginei que ele pudesse ter visto o meu histórico, mas assim que eu cheguei ele colocou uma toalha em cima das pernas (pra tapar o volume) e eu não ver. Ai eu falei.

– Pow, pode ver, eu deixo. Tenho até uns salvos ai.

Ai ele disse

– É, eu sei, eu vi. Tu gosta mesmo da Sasha Grey heim?

Bom, eu congelei, porque se ele tinha visto os vídeos da Sasha Grey que tu tinha favoritado 9e tinha favoritado não por causa da Sasha mas por causa dos homens, ele viu as outras putarias também, a maioria gays). Resolvi sair pela tangente e disse

– Pow, ela é maior gostosa (falei tremendo).

Bom, ele acabou saindo do Xvideos e foi pra cama dele deitar. Tomei banho e fiquei pensando no que falar com ele… Queria saber se ele tinha visto os vídeos do meu computador. Mas não tive coragem, eu estava muito nervoso! Deitei na cama (que ficava do lado da cama dele) e virei de lado com uma dor tremenda no peito.

Uns 10 minutos depois ele me chama e diz

“Pow cara, não fica preocupado não. Somos parceiros… Só te digo isso.”

Bom, eu desabei ali, virei pro lado dele e perguntei do que ele estava falando e ele disse que tinha visto as coisas do meu computador e que se eu não quisesse que alguém visse, que tomasse mais cuidado. Disse também: “Essas coisas a gente tem que deixar escondido, sacou?” Eu sentei na minha cama e comecei a chorar, ele veio me abraçou, conversou comigo… Mas eu não percebi o principal! Ele deixou ai uma deixa de que curtia!! Tipo, como ele pode dizer “a gente tem que deixar escondido?”, eu fui muuuuito burro. Acabou que alguns dias depois ele foi embora.

Em 2015 ele não veio, mas mantívemos contato pelo Face. Ele Passou a namorar, mas pra minha surpresa veio em 2016 e sozinho. Quando eu cheguei do trabalho e vi ele na minha cama (que não era mais uma cama de solteiro) eu fiquei muito feliz, até que minha tia chegou com umas cobertas pra ele forrar no chão e dormir. A gente conversou muito. Eu na cama e ele no chão, mas ai eu sugeri que ele viesse pra minha cama já que tava meio frio e até falei que ele ia ficar com dor na coluna. Ele meio que recusou, então levantei e tranquei a porta do meu quarto, falei que ninguém ia ver. O pior é que eu não falei com maldade. Ficamos vendo Multishow e depois de um certo horário começa a passar putaria. A gente acabou dormindo cedo, quando eu acordo ele tava encostado em mim e eu senti algo duro encostando em mim. Bom, achei que ele estava dormindo, não queria fazer movimentos bruscos, mas fiquei aproveitando, morri de tesão e comecei a rebolar mexendo minha bunda nele. Ele dormia de samba canção e eu de cueca, então eu conseguia sentir a rola dele tocar em mim. Eu achava que ele tinha uns 22cm pois mole era super grosso, de fato ele tem um pau acima da média, grosso, mas não muito grande, deveria ter uns 18cm, porém quase da grossura de uma lata de coca-cola. Eu estava mexendo minha bunda no pau dele já há uns 10 minutos, quando percebo que ele também estava se movendo – er ao meu grande sonho se tornando realidade, meu primo estava brincando comigo e eu estava louco de tesão. Baixei um pouco minha cueca e vi que ele não demonstrava reação, fingia estar dormindo mas estava gostando. Cuspi na minha mão e passei na cabeça do pau dele, sentia a cabeça do pau dele latejar. Eu estava tão excitado que meu cu foi se lubrificando normalmente, num determinado momento, a cabeça do pau dele entrou no meu cuzinho, eu pirei. Como eu sabia que ele não ia demonstrar reação, eu comecei a tocar punheta e a intensificar mais os movimentos com seu pau na portinha do meu cu, até que uns 5 minutos depois ele gozou, sim ele gozou no meu cu figindo estar dormindo. Ele se mexia muito pouco, e eu que segurava o gozo acabei virando e gozando na minha barriga. Me levantei e fui tomar banho, fingindo que nada tivesse acontecido. Quando eu voltei, ele estava virando do outro lado, com o pau pra dentro da samba-canção.

Bom, a verdade é que isso se repetiu durante as férias dele todas. Só teve umas 3 ou 4 noites que não teve uma brincadeira. Ele fingia estar dormindo e eu fingia que nada tinha acontecido. Não tenho coragem de comentar sobre isso, mas foi o meu maior desejo que se tornou realidade.

Espero muito que ele retorne em 2017, quero ir muito mais à fundo com essas brincadeiras.

DITADURA G – Sexo com o primo, Conto Gay, Abusando o Primo, Primo Dotado, Primo Sarado.