Drake Gay - Sósia do rapper cai na net pagando boquete
SEXO GAY AMADOR | VÍDEOS GAYS | XVIDEOS GAY | SEXO GAY | XXX Gay | Sexo Gay Brasil - Gay Amador | Famosos Nus | Amador Gay | Gay Sexo | XNXX

George Michael | O último Grande Ícone Gay

Este poderia ter sido mais um natal… Mas foi o último Natal de um dos maiores cantores da história: George Michael faleceu aos 53 anos no dia 25 de dezembro, em casa, aparentemente vítima de uma parada cardíaca. Para todos aqueles que vivenciaram o auge de sua beleza, música e impacto, esta notícia vem acompanhada de uma dor imensurável.

Abertamente e orgulhosamente homossexual, George quebrou paradigmas na música e ao tratar sua sexualidade.
Embora por pressões artísticas e familiares ele tenha permanecido no armário até o final dos anos 90, quando durante uma emboscada policial, foi flagrado “fazendo banheirão” em um parque americano, ele sempre foi sexual demais para os padrões oitentistas e noventistas.
Para muitos foi um baque saber que um homem lindo, talentoso e que estremecia corações mundo à fora, era homossexual – Para George, foi um alívio. O artista sofreu por anos e vivenciou a perda de amigos e inclusive um namorado (brasileiro) vítima de complicações devido o HIV, sem poder abertamente expressar seus sentimentos e sua verdade.
Mas desde o incidente no parque, George passou a declarar e a vivenciar sua sexualidade de forma mais natural. Afinal, ele sempre destacou quando questionado sobre como explorava sua sexualidade: “Ser gay é natural, sexo gay é natural.
Muito mais que um ícone gay, George Michael foi e sempre será uma lenda, não somente por seus quase 120 milhões de discos vendidos, mas por seu incrível talento e carisma. Hoje o mundo lamenta por um dos seus grandes últimos cantores partir tão cedo. Hoje lamentamos por perdermos um dos símbolos de uma luta, de uma era. Mas jamais iremos esquecer sua linda e doce voz, talvez uma das mais lindas que já existiu!
Elton John, Boy George, Ricky Martin e alguns outros ícones gays vivos tem um grande espaço e importância no longo processo de aceitação da comunidade LGBT na sociedade atual, mas talvez nenhum tenha encantado tanto quanto George. Ele fez a indústria render-se aos seus pés, a sua beleza e ao seu talento como poucos. Os números de sua astronômica carreira não negam – George, mesmo lutando contra as desconfianças sobre sua sexualidade, fez o mundo respeitá-lo, como raramente visto.
Fica aqui a nossa singela homenagem a alguém que ajudou a quebrar tantos paradigmas e que embalou nossas vidas com tantas canções inesquecíveis!
Que o vale dos homossexuais lhe receba com festa.Descanse em paz, George.

You might also like
1 Comment
  1. Marcelo says

    Que lindo! Adorei a homenagem a ele.
    Chorei muito quando descobri sua morte. É o meu cantor predileto!

Leave A Reply

Your email address will not be published.